sábado, 21 de abril de 2007

Que complicado!...


Não compreendo por que as casas têm todas paredes e telhados.
O mundo devia ser mais simples, não ter tantos ângulos rectos.
Tenho de aprender a fazer as curvas como deve ser!
Mas como, se tenho tanta vontade de acelerar o coração?
Por favor, deixem-me à solta, correndo verde por estes meus montes!

5 comentários:

Jardineira aprendiz disse...

OK! Prometo!

(Não é que me tinha esquecido das motas? Prefiro a trovoada!)

Bjinho!

Margri disse...

Que sempre corras LIVRE pelos montes, pelos campos, mas também pelas nuvens e galáxias, e principalmente pelo Universo da Imaginação e do Coração...
Verde e de todas as cores do arco-iris, mesmo as que a vista não alcança...
Fazendo curvas, rectas, ângulos...que importa? O que conta é que faças o TEU percurso, bem à tua maneira.

Beijinhos e bom domingo.

sa.ra disse...

Assim seja!

Beijinho e um sopro a favor de liberdade!

tem um dia muito feliz!

baixinhaaa disse...

as paredes e o telhado têm um objectivo muito claro... servem para proteger, uma forma de ajudar, prevenir, acarinhar, mimar, ganhar conforto...
difícl é quando essas paredes e telhados em vez de proteger, impedem o crescimento, os esquinas tornam-se amarras impeditivas de percorrer os caminhos loucos da vida...

que bom que era o mundo cheio de casas k protegessem, com portas e janelas para a liberdade.

bjinhuxxx

sa.ra disse...

Vim só deixar um beijo!

dia muito feliz, sem tectos, nem paredes! sem limites, sem compartimentos, sem fronteiras dentro ou fora de ti...


:)

Nas asas do sonho, no tapete da imaginaçãop, fica bem e bons voos!